sexta-feira, 8 de março de 2013

Nada é para sempre?

Apesar do extenso trabalho do professor Rivail sobre a hipótese da morte ser apenas uma porta e de que voltaremos ao planeta Terra com uma roupa diferente, a verdade é que ninguém pensa no longo prazo, mas sim no curto prazo. Todo santo dia, vivemos preocupados com o que comer na hora do almoço, bem como somos assombrados por uma melodia que ouvimos no passado e que não sai de nossas cabeças. Por que não conseguimos esquecer do nosso passado, e assim dedicar mais atenção aos problemas do nosso presente?

Ontem, eu li o título de uma manchete, afirmando que o Sr José Dirceu pediu autorização ao STF para ver o velório do Sr Hugo Chaves. Eu não li a matéria, mas isso demonstra sem dúvida que não conseguimos enfrentar os problemas atuais. Por exemplo, o orçamento de 2013 ainda não foi aprovado. Se eu fosse juiz do STF certamente não deixaria o Sr Dirceu folgar no Congresso, onde temos centenas de pendências para resolver, o dinheiro do contribuinte deveria ser mais respeitado que as vocações particulares.

Por outro lado, se eu tivesse no lugar no Sr Chaves, certamente que gostaria de receber a última visita de um importante amigo do passado, que ajudou a arruinar a empresa petrolífera, comprando gasolina mais caro no exterior e vendendo mais barato no país, o que garantiu a reeleição em vários momentos e a perpetuação de várias amizades. O orçamento não é importante, ninguém consegue planejar coisa alguma, e se planeja, ninguém é capaz de executar as metas, do tipo segurar a inflação a um nível mais decente.

Enfim, todo esse medo doentio de viver o presente, de encarar os problemas atuais, é que nos incentiva a entupir os blogues do Google com um monte de lembranças do passado, provando categoricamente que não aprendemos nada com essas lembranças. Logo, "Nada é para sempre" da SA é mais um alerta do que uma experiência particular. Estamos prestes a perder mais essa boquinha como aconteceu lá no Terra e no UOL. Adianta chorar?

18 comentários:

  1. "Nada é para sempre" também é título de 2 livros e um filme(1992), dirigido por Robert Redford:

    Início do século XX, Missoula, Montana. A família MacLean é comandada pelo reverendo MacLean (Tom Skerrit) e sua amada esposa (Brenda Blethyn). Apesar de ser rígido na educação de seus filhos, Norman (Craig Sheffer) e Paul (Brad Pitt), também os encoraja. Entre o reverendo e os filhos sempre houve o hábito de pescar, na verdade não havia uma clara linha que dividisse religião de pescaria. Norman e Paul não foram para a 1ª Guerra Mundial e, logo após o fim do conflito, Norman deixou Missoula e foi para a faculdade, onde descobriu que gostava de lecionar. Já Paul ficou trabalhando como repórter na sua cidade, pois gostava de se divertir, beber e jogar e nunca sentiu interesse em se envolver com o estudo acadêmico. Ao voltar para Missoula, Norman espera uma resposta para um emprego de professor e neste meio tempo se apaixona por Jessie Burns (Emily Lloyd). As diferenças entre ele e Paul ficam mais evidentes e, apesar de gostar da boêmia, Paul se mostra um bom pescador.

    Como vc gosta de filmes, dê uma olhada nesse.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Olá dona Malona Hosaka Nihil, já levaste uma garibada na chacabuca ? hehehe

      Excluir
    5. Versos para os piadistas do blog.

      Eles figurarão aqui já por antecipação, e poderão eventualmente,ser uma réplica à próxima "graça" que eu ler- de algum deles.


      Nesse momento
      de suspeita fadiga
      sem risos e sem lamentos
      lhe(s) farei perguntas fatídicas,

      como vai/vão a-s sua-s

      algaravia
      ale(r)gria
      hipocondria
      piadinhas
      alergia
      alegria
      euforia
      alegoria
      manias
      histeria
      maravilhas
      apatia
      empatia
      simpatia
      sintonia
      o seu dia
      o seu ouro que brilha
      entropia
      eutonia
      idas e vindas
      vida
      doença(s) terminada(s) em "ia",
      seu amor à vida
      suas palavras monossílabas
      a dona Maria
      seu salário e cia
      sua casa e moradia?...
      alma vazia
      mordomia

      Ainda arrumarei
      outras rimas
      mas por enquanto, deixarei
      esse site de rotina conhecida
      inteiramente para vocês

      A propósito,as minhas "ias" vão bem.

      (hehehê!)


      *essa foi a poesia engraçada que prometi...por esses dias.(kk...)

      Excluir
    6. "a Nossa Senhora Aparecida
      seus ícones e antípodas
      seus versos sem rima
      história cristalina
      filosofia de vida
      fobias."

      Excluir
  3. http://www.youtube.com/watch?v=FnHLCRWuMEY&list=FLjTI6J3GwovsCNkrc9pBRVg&index=40

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Filósofo,

      Muito bom esse vídeo, principalmente a mensagem de que aceitar Deus como pai implica que devemos tratar os nossos semelhantes como irmãos.

      Na prática, porém, é bem difícil tratar o irmão até como semelhante, isso implica que é impossível aceitar Deus como pai?

      Um forte abraço,

      Excluir
    2. E aí, sr Hosaka, achas difícil amar o gaúcho e seu companheiro afrodescendente (negão, na linguagem de macho)como a ti mesmo?

      Eu acho difícil é gostar dos versos e das orquídeas do srta LG.
      Se a princesa fizesse versos tão ruins, o senhor seria capaz de gostar deles? Existe aquele ditado católico que diz que por causa do santo se beija o altar...

      Excluir
    3. -suas patinhas? (mãos do Adilson)
      -seu barro e sua argila? (antigos materiais dos quais eram feitos os "joões")

      O poema "Entropia" está sendo composto em outro local.
      Ele vai ficar imenso- irá caber numa tela inteira.
      Daqui a um tempo,irei publicá-lo na íntegra.

      Excluir
    4. O galego certamente acredita que a Nihil é a reencarnação da poetisa grega Safo ( a Nihil pensa que ela era etíope).
      Convenhamos que as coincidências são muitas:
      1) Safo era baixinha, a Nihil também;
      2) Safo nasceu mulher, A Nihil também (se continuaram assim é outra história);
      3)Safo tinha dois olhos, duas orelhas, um nariz, uma boca e duas pernas, a Nihil também (é muita coincidência);
      4) Safo fazia versos, a Nihil também ( se podemos chamar assim os da Nihil);
      5) Safo andava para a frente, a Nihil também;
      6) Safo falava com a boca, ouvia com os ouvidos e escrevia com a mão, a Nihil também.
      7) Safo teve mãe e pai, a Nihil também.

      Fica difícil discordar do lusitano e da srta. LG face às muitas coincidências: a srta. LG é reencarnação de Safo de Lesbos.

      Excluir
    5. Sim, Hosaka, a prática é que complicado. No vídeo Jesus afirma: "A aceitação da doutrina da paternidade de Deus implica que vós aceitais também, graciosamente, a verdade conseqüente que é a irmandade dos homens. E se o homem é vosso irmão, ele é mais do que o vosso semelhante, a quem o Pai exige que ameis como a vós próprios".

      Cabe a cada um decidir o que fazer; se escutamos Jesus ou fingimos que não é conosco. Porém Jesus garante que o jugo do evangelho é fácil de levar e o fardo da verdade é leve.

      E o Mestre diz mais: “Vim para pregar as alegres novas do Reino. Não vim para acrescentar nada às já pesadas cargas daqueles que gostariam de entrar nesse Reino. Eu proclamo um caminho novo e melhor e aqueles que estiverem capacitados para entrar no Reino vindouro desfrutarão todos do descanso divino. E não importando o que vos custará, em termos das coisas deste mundo, não importando o preço que ireis pagar neste mundo, para entrar no Reino celeste, recebereis muitas vezes mais, em júbilo e progresso espiritual, na vida eterna nas idades que virão".

      Excluir
    6. Desculpe, Filósofo, essa última parte do texto não estou encontrando na cópia da Bíblia que eu tenho no celular. Você pode me ajudar?

      Excluir
    7. para o Adilson,

      encontrei algo que irá interessar a vc.

      "Oficialmente",meus textos sobre a Safo de Lesbos,vêm sendo compostos(desde o começo de 2.011) na série entitulada "Encrenca",uma série minha sobre cultura.

      Mas,veja,

      "Se dura,a natureza me negou a beleza,
      à desgraça do corpo contrapus ingênio.

      Pequena eu sou,mas é meu nome que corre
      o mundo inteiro,à altura estou desse nome.

      Não sou clara? A Perseu agradou Cephéia
      Andromeda, nascida em terra de negros"- Safo.

      Feia; pequena. E escura,negra ou fusca como o pastor virgiliano. Informações confirmadas,aliás,pelo papiro Oxyrhynchus 1.800,fragmento 1, texto que, datado dos séculos II ou III da era cristã,é, portanto,muito posterior à carta XV, podendo não passar de glosa,eco ou avatar do poema ovidiano, transformado em clichê no período helenístico: no famoso vaso de Munique, do século V a.C., proveniente do círculo do pintor de Brigos, Safo é tão alta quanto seu conterrâneo Alceu, de pé diante dela- mas pode-se ler também no mesmo papiro, que o vate de Mitilene era uma homem de baixa estatura."

      Blá,blá,blá...o trecho acima,eu tirei do livro do prof.Joaquim Brasil Fontes.
      Ele ainda gastou duas páginas para sugerir que a aparência dela pode ser uma lenda,e que a poesia acima à mesma atribuída,foi escrita pelo poeta romano Ovídio,seu admirador póstumo.
      Mas eu sei que ela foi neguinha...

      E mais,
      a poesia em destaque nessa postagem foi mesmo escrita por ela,porque reconheço nesses versos,não minhas palavras,dessa vez,mas minha megalonamia.
      Em geral,preciso de uma certa autovigilância,para não ficar esnobe.
      E tive um amigo chamado Ovídio em meu primeiro serviço.
      Eu era um pouco chata,nessa época,mas ele inexplicavelmente,gostava de mim.

      Oxalá, todos os que um dia eu conheci,sejam felizes.
      (pois precisaram me aturar...kkkk...)

      Excluir