terça-feira, 13 de março de 2012

O determinismo através dos tempos


386: Agostinho de Hipona

Nos três volumes da obra De Libero Arbitrio (Sobre o livre-arbítrio), Santo Agostinho rebate o maniqueísmo, teoria que defende que o mundo é dividido entre bem e mal. Defensor ferrenho do livre-arbítrio após sua conversão ao cristianismo, Agostinho acreditava que o mal era fruto da liberdade humana mal utilizada. Como Deus havia criado o homem livre para fazer suas próprias escolhas, cabe a ele agir de forma consciente e escolher entre o bem e o mal.

Década de 1530: João Calvino

O Calvinismo, movimento religioso protestante, tem suas raízes na Reforma iniciada no século XVI na Europa. A ideologia define que Deus, criador supremo de todas as coisas, governa o mundo. Por isso, o homem já nasce predestinado àquele futuro – às graças os escolhidos, ao inferno os demais.

1677: Espinoza

A publicação póstuma de Ética, do filósofo holandês Bento Espinoza, é uma das marcas de sua posição contrária à teoria de Descartes - que defende em 1641 que existe a cisão entre corpo e mente. Para Espinoza, esse dualismo não existe e tudo - como o comportamento humano - é determinado pela natureza e acontece em função da necessidade. Nossa liberdade estaria, então, na capacidade de reconhecermos que somos seres determinados e de entender por que agimos da maneira como agimos.

1687: Isaac Newton

Segundo as teorias do físico inglês, o Universo é regido por leis fixas, determinadas no momento em que ele foi estabelecido. Assim, é possível comparar as partículas básicas do mundo às bolas em uma mesa de bilhar: elas se movem e se chocam de maneiras previsíveis, que levam a resultados já esperados. Isso porque seu comportamento é pré-determinado. Ou seja, para Newton, o Universo é uma grande engrenagem que segue seu fluxo determinado - nesse cenário, os homens seriam as peças do grande maquinário.

1718: Voltaire

Apesar de defender a emancipação humana e as reformas sociais, o pensador francês se aproximou das teorias deterministas - acredita-se que pela influência de Isaac Newton. “Se alguém olhar com cuidado, verá que a doutrina contrária àquela do destino é absurda.”

1896: James Mark Baldwin

Para o psicólogo americano, embora alguns comportamentos adquiridos durante a vida não sejam hereditários, a tendência a adquiri-los pode ser. Um exemplo seria o medo de cobra. O medo em si não é hereditário, mas a tendência a temer o animal, sim. Essa tendência é passada de geração a geração com um único fim: a preservação da espécie.

1920: Albert Einstein

"Sobre a liberdade humana, no sentido filosófico, sou definitivamente um descrente. Todo mundo age não só sob compulsão externa, mas também de acordo com uma necessidade interior. (...) Não acredito em liberdade de arbítrio. Esse reconhecimento de não-liberdade me protege de levar a mim e aos demais homens muito à sério, como agir e julgar os indivíduos e perder o bom humor.”

1945: Burrhus F. Skinner

O psicólogo americano é uma das referências do Behaviorismo Radical. Para Skinner, o homem é uma entidade única, já que sua teoria refuta a ideia da divisão entre corpo e mente. Em seu livro Além da Liberdade e da Dignidade, o psicólogo rejeitou noções como a do livre-arbítrio e defendeu que todo comportamento é determinado pelo ambiente, embora a relação do indivíduo com o meio seja de interação, e não passiva.




19 comentários:

  1. “Agostinho acreditava que o mal era fruto da liberdade humana mal utilizada. Como Deus havia criado o homem livre para fazer suas próprias escolhas, cabe a ele agir de forma consciente e escolher entre o bem e o mal.”
    ~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-
    Uma criança nascer com leucemia é um grande mal, como podemos justificar que a liberdade humana foi mal utilizada neste caso?
    Uma pessoa esta em seu carro e o pneu estoura a fazendo atravessar a pista e sofrer um grave acidente, a liberdade humana foi mal utilizada?
    Eu escolho o bem, mas um outro humano escolhe o mal e vem me assaltar, oras, eu sou atingido por uma mal que eu não escolhi e como eu não escolhi Deus haveria de me proteger. Se ele não faz nada para proteger um inocente então ele permite que o mal aconteça mesmo que eu tenha optado pelo bem.
    Fica claro que o mal não é apenas fruto de nossas escolhas porque ele é anterior ao nosso livre arbítrio. Citando a Bíblia a “serpente” era anterior a criação de Adão e Eva e se a serpente representa o mal ele é anterior a nossa existência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um tema difícil. No caso do assalto, por exemplo, temos a opção de fazer um BO no Distrito Policial, onde só tem um escrevente exausto e que leva duas horas e meia para registrar um BO, o que desmotiva muita gente registrar a sua queixa; ou seja, o indíce de violência no país seria bem maior se pudéssemos registrar todas as queixas.

      E aqui a minha maior dúvida: se não somos capazes de registrar o que acontece em nossa existência, como é que podemos extrapolar se as nossas vidas são pré-determinadas ou fruto do livre-arbítrio?

      Ou seja, além de não sabermos de onde viemos e para onde iremos, não sabemos exatamente quanto somos e quem somos. Por exemplo, você sabe qual é o nome do seu vizinho do lado?

      Excluir
  2. “Ou seja, além de não sabermos de onde viemos e para onde iremos, não sabemos exatamente quanto somos e quem somos. Por exemplo, você sabe qual é o nome do seu vizinho do lado?” [Frank]
    ~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~~-
    Eu razoavelmente sei onde ESTOU.
    Este é o foco da minha meditação.
    Estou em Campinas SP e uso minha inteligência e ação para que seja um bom lugar para viver. Se não sei de onde vim nem para onde vou é muito LÓGICO cuidar de onde estou, é o que tenho.
    Eu não sei o nome do meu vizinho [esqueci, sei o nome do filho dele] porque ele não faz parte do meu circulo de amizades, mas o trato com respeito, educação e recebo em troca a mesma consideração, somos pessoas civilizadas.
    Não sei porque eu tenho que me obrigar a ser amigo de 7 bilhões de pessoas?
    Porque um cara comprou o mesmo carro que o meu temos que ser amigos?
    Porque um cara comprou uma casa ao lado da minha temos que ser amigos?
    A amizade é como o amor...acontece!
    Isto pediria um texto, mas já tenho muitos outros na fila, então apenas termino dizendo que por vezes nos apegamos a detalhes menos importantes e nos esquecemos da essência dos relacionamentos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não respondeu a pergunta. Morar em Campinas foi uma escolha determinada por você, ou você foi determinado a morar em Campinas por forças que estão fora do seu controle?

      Você faz o que gosta, ou só faz o que os outros lhe permitem?

      Ou como diria Pink Floyd: Are you another brick on the wall?

      Excluir
    2. Pensando dessa forma tudo é determinismo...
      1. Nasci em Jacareí, por determinismo...
      2. Mudei-me para SJCampos, porque tinha que estudar lá = determinismo
      3. Vim morar em Minas porque já tinha parentes aqui = determinismo

      Are you another brick on the wall?
      Yes... I'm only another brick on the wall. Only another brick...

      Excluir
    3. Eu vi o seu link no Facebook, onde o Quintana alfineta todo o planeta Terra por dedicarmos 100% de nosso tempo pré-determinado para única e exclusivamente resolver os nossos problemas particulares. Quem é ele para dizer um negócio desses? Ou ele foi pré-determinado para insultar todo mundo?

      Seja como for, deixo o meu cordial abraço, de livre e espontânea vontade,

      Excluir
  3. Sabem o que a esposa do Albert Einstein disse quando ele tirou a roupa na sua lua de mel?

    Nossa, que físico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na lua de mel do Tonicão, a esposa falou assim: Bem que eu desconfiava! Você fala demais!

      Excluir
  4. Um fanático defensor do determinismo é o 233.

    ResponderExcluir
  5. Você não respondeu a pergunta. Morar em Campinas foi uma escolha determinada por você, ou você foi determinado a morar em Campinas por forças que estão fora do seu controle?
    ~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~
    Havia esta pergunta? HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
    De qualquer forma eu ESTOU em Campinas.
    Percebe que se foi o acaso ou planejamento de um ser qualquer não muda o fato, logo minha resposta já foi dada.
    ºººººººººººººººººººººººººººººººº
    “Você faz o que gosta, ou só faz o que os outros lhe permitem?”

    Isto é um pensamento linear, para quem lê mesmo que de vez enquando meu Blog, sabe que esta pergunta é um tanto sem sentido para mim.
    A vida não é exata então claro que não posso fazer tudo que gosto, mas isto não quer dizer que eu não faça coisas que gosto.
    Meditando na segunda parte da sua frase não me lembrei de nada que eu goste que precise da permissão de alguém.
    Eu gosto de escrever, dormir, ler, filosofar... são gostos que não requerem uma permissão especial se tratando de um país Democrático.
    Ter que trabalhar atrapalha as coisas que gosto? De certo que sim, mas sou consciente que tenho que contribuir de alguma forma com a sociedade, dar a minha parcela de trabalho para que as coisas funcionem, não é que alguém me obrigue a isto, eu mesmo me cobro isto.
    Eu não estou afirmando que não existe algum tipo de coisas determinadas, estou dizendo que não vivo em função disto, ajo como se eu pudesse planejar o meu futuro de acordo com as situações que surgem.
    Talvez esteja determinado que eu morra amanhã, mas como ignoro isto ajo como se amanhã fosse apenas mais um dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou seja, a vida é a média aritmética do pré-determinismo com o livre arbítrio. A patroa sempre manda você tirar o capim do quintal, mas é você é que decide quando. Ou você diz "sim senhora" e depois suborna as duas meninas para fazer o serviço que você não quer fazer?

      Excluir
  6. O trouxa católicuzudinho Hosaka é o unico ser vivo que acredita que o homem foi à Lua. Só se fosse um saci pererê, pois só tem uma pegada naquela foto tirada no deserto do Novo México. É muita ardência no rabu do japinha, hehehe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Sr Tonicão,

      Onde é que o Sr encontra eses apelidos que você usa nesse Blog?

      Excluir
  7. O MUNDO NÃO PAROU EM 1945
    O MUNDO EVOLUÍDO CONTINUOU EVOLUINDO PARA A FRENTE
    INVENTARAM O IPHONE, O IPAD, A MECÂNICA QUÂNTICA, O HOMEM FOI NA LUA
    DETERMINISMO JÁ ERA , A MODA AGORA É O LIVRE ARBÍTRIO.
    CADA UM FAZ O QUE QUER, É A ANARQUIA

    ResponderExcluir
  8. “Ou seja, a vida é a média aritmética do pré-determinismo com o livre arbítrio.” [Frank]
    ~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~~-~-~--~
    Muito bom Frank Sam!
    Assistiu Forrest Gump em?
    Excelente filme!

    ResponderExcluir
  9. Robson convida Hosaka para pescar. Hosaka se exalta e diz : só vou se eu levar a vara !

    hehehe

    ResponderExcluir
  10. Confiteor : Acredito em visitas alienígenas, em O.V.N.I, DVD e CD Voador ,O.S.N.I., crop circles ...enfim, tudo o que é vestígio descoberto até aqui. Eu acredito que a Terra deve sim, ser constantemente visitada por seres de outros mundos , e acredito nisso baseado nos milhares de relatos de avistamentos que conheci, e, também, claro, baseio esta minha crença no tamanho inimaginável do universo e na pegada do sacizão pernetão filmada na Lua pelo Kubrick.

    ResponderExcluir
  11. Hosaka confessou diversas vezes que me odeia. Mas é explicável: uma ocasião fomos a uma loja de sapatos no Center Norte, já que ele queria comprar uma bota .Eu só perguntei : Frank, bota em voce aperta ? Sendo assim lhe cabe razão ! hehehe

    ResponderExcluir
  12. P: O que é que de manhã pesa 800kg, no almoço 80kg e à noite, cerca de 200g?

    R: A mulher. De manhã o homem diz à mulher:
    - Levanta-te sua vaca!
    Ao almoço:
    - Quero o almoço, sua porca!
    E à noite:
    - Vamos para a cama pombinha!

    ResponderExcluir