segunda-feira, 24 de junho de 2013

Como fazer um bebê?

Essa é uma pergunta bem difícil de responder, principalmente para quem nunca fez um. Lá no UOL, o professor Milton Bins, que usava o codinome Andros, sempre repetia que nós nascemos da barriga da mãe, crescemos e vamos parar ou debaixo da terra ou, como pretende ele, espalhado pelo ar, esse é o único ciclo básico da vida que conhecemos, cada ciclo tem a sua dificuldade. O que vem antes disso ou depois disso, isso é o que chamamos de Religião.

O Catolicismo só consegue responder o que vem depois - vamos todos para o purgatório, salvo algumas exceções. Alguns vão direto para o céu. Já o espiritismo é bem mais interessante, ele afirma que já tivemos vidas passadas e vamos ter muitas outras pela frente. Mas se você perguntar para eles como fazer um bebê, provavelmente nenhum deles saberá responder. Para ser sincero, eu nunca li a Bíblia, não sei aonde Deus explica como fazer um bebê. Também não li a Doutrina Espírita, não sei como Allan Kardec explica como fazer um bebê.

Os meus colegas de escola sempre me ensinaram a não fazer perguntas idiotas desse tipo, principalmente na internet, para não cair no ridículo. A resposta é simples, basta abraçar uma moça, tirar a roupa dela, que o bebê vem em seguida. Será?

Antes do UOL, eu lembro da Maria, do quanto sonhava em abraça-la. Isso me custou quatro anos, mas o máximo que consegui foi entregar um buquê de flores, no aniversário dela em 1988. Depois do UOL, eu vejo que encontrei centenas de pessoas diferentes de mim, um querendo tirar a roupa do outro, mas abraçar, nem pensar. Ou seja, depois de muitas mensagens, não conseguimos fazer nenhum bebê.

E assim chegamos no dilema da Sônia. Para que manter um blog, se ela não serve nem para incentivar o abraço entre as pessoas? Isso explica porque o blog está cada vez mais vazio, uns foram para o purgatório, outros estão esperando outra encarnação, mas fazer bebê que é bom, isso ninguém fez. Pelo menos eu tenho uma desculpa, eu não sei ler.

12 comentários:

  1. Fazer um bebê parece ser muito fácil hoje em dia, visto que muitos estão até jogando bebês no lixo.
    A população mundial aumentou - e muito!
    É mais fácil fazer bebês do que movimentar esse blog.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Vi sim a sua mensagem, mas eu acho muita inocência de sua parte querer que o leitor reconheça o enorme esforço que você faz para apresentar o seu trabalho.

      Hoje, recebi um email de um ex leitor, dando o último adeus, ele disse que deletou o atalho desse Blog. Claro que fiquei chateado e ao mesmo tempo contente, pelo menos ele deixou uma carta de despedida, isso é muito mais o que esperava das minhas crônicas.

      Eu não vou fazer o backup das coisas que eu escrevi, pois águas passadas não movem moinhos. O backup não vai trazer os meus leitores volta.

      Excluir
    2. "Deixa quieto",sr.Hosaka.oa
      Removi a mensagem.
      Tudo tem solução,e eu é que foi tolinha.

      Uma boa tarde ao sr.

      Excluir
  3. Quem é esse leitor que deletou o atalho do blog, Hosaka?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é prosa furada.
      O atalho sempre reaparece,com facilidade, por mais que o histórico seja limpo.
      Para mim,isso é "coisa de joão",só pode...
      Daqui a pouco,ele nos reacessará.

      Excluir


  4. Se você não é ateu periga morrer estrebuchando na ponta de uma corda! E o Hosaka se bórra todo nas calças de medo de morrer, ele e o padre Magalhães, hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sr.JF.

      Como vai sua...hã...vida corrida?

      Excluir
  5. Olá dona MaletonaNihil, pelo que percebo o Hosaka conseguiu falir mais um GD/Blog, hehehe. Estava em Torres curtindo uma praiaizinha, ateu tambem merece não ? Pena que o Hosa esculhambou com tudo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, sr.JF, acho que sua entropia vai muito bem.

      Excluir
  6. Olá dona MaletaHosakaNihil, aqui tá um frio tonitroante, hehehe. -5 é mole para nós. haja chimarrão e churrasco de panceta, tche. Buenos dias e pau na máquina !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Contravocê disse que na cidade onde ele mora está tão frio,que ele deu para dormir em cima do fogão aceso...

      (fiuuu...)

      Excluir