domingo, 26 de maio de 2013

Fazendo backup da Chave de Segurança do Bradesco no Android

Desde outubro de 2010, venho pedindo ajuda para Santa Tereza de Avila e nessa semana ela atendeu a minha prece: http://www.ibrunosousa.com/2012/10/backup-token-bradesco-android.html

A semana inteira tentei resolver o problema na base da improvisação como descrevi no Blog do Brasildroid: http://brasildroid.com.br/galaxy-note-2-n7100-desenvolvimento/17835-consegui-instalar-token-no-cyano-10-1-a.html

Agora, pessoal, preciso descansar um pouco, e depois volto aqui. Um forte abraço, Frank.

29 comentários:

  1. Sr.Hosaka, o sr.passou a noite em claro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. encrenca 1.353

      Oh dó de quem passa a noite em claro.
      Nós merecemos uma canção que homenageia as estrelas.(quase sempre, escrevo de madrugada)
      Periodicamente,renovo a poesia para a estrela Vésper, -desde 1.993, e "esotericamente",desde "o ano zero".
      Hoje, substituirei a iniciativa por uma música que rende graças a ela.
      Lírica antiga,mais do tempo do senhor,do que do meu tempo.
      Apesar que não sou tão mais jovem assim.(hã...chamei a nóis de véios, rs...)

      good morning starshine

      Excluir
    2. A defunta Tereza é fogo, de tanto o sr. Hosaka falar na princesa, e defunta resolveu arranjar um time inteiro de princesas loirinhas para andar de bicicleta com o sr. Hosaka...
      Desse jeito, vou acabar achando que a Bíblia está errada ao dizer que defunto não pode fazer mais nada nesse mundo porque virou pó.

      Excluir
  2. Para a dra. Selma,
    Esse Blog está meio barro,meio tijolo. O Hosaka deu pra andar de bicicleta, o Daniel sumiu, e o coitado do V-V-ai-sem-Volta deve estar ocupado, a tentar achar uma resposta para os questionamentos sobre o ridículo Cartas de Uma Morta. Não vai conseguir nunca!
    Que é que temos aqui? Uma retardada que não tem o que fazer e fica a entulhar o Blog com suas bobagens. Ora, se eu fosse um visitante a fim de ler sobre religião, não voltava mais. Ela deve odiar o mundo por ser gorda e mal amada e vinga-se atazanando o juízo dos outros.
    Uma solução é criar um outro espaço e dar um jeito de bloquear a maluquete. Ela que perturbe o Blog do William e acabe com ele também.
    Se ela ficar aqui, este Blog já era.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. justa causa

      Para o Adilson.

      Quase a totalidade dos meus temas alude ao tema religião.
      Meus assuntos são bons, tem certo interesse,eu até me chateio com a falta de respostas a uma parte dos meus textos.
      Estou tentando ajudar o site de vocês, cheguei ao ponto de abandonar o blog de um amigo de verdade para ficar aqui.
      Mesmo assim, vejo essas reações.
      Entende agora porque quando eu fui colaboradora,só postava flores nos espaços em destaque?
      Todavia,eu possuo um repertório razoável.
      Mesmo assim nunca escutei um elogio a mim nesse lugar,excetuando as palavras gentis que o sr.Hosaka me dirige às vezes.
      Eu sei que vc não é uma pessoa séria,mas dessa vez também vi que que não está brincando.
      Eu me sacrifico para estar presente,perco horas preciosas de sono,ou nas quais ao menos,eu poderia ler os jornais do dia.
      Gostaria que os outros postantes,e que inclusive a Selma- dissessem o que acham da minha participação.
      Talvez estou mais atrapalhando do que ajudando,pois a minha presença é tão eficiente que os leitores estão ficando acomodados.

      Acho que não irei mais dirigir a palavra ao Adilson, porque ele é um ingrato,e a ingratidão é uma história séria.
      Ainda por cima,andei abrindo o meu "diário pessoal" e versando sobre temas que eu poderia muito manter apenas em meu mundo particular. (eu merecia mais consideração)
      Tenho o prazo de um mês e uma semana para estar presente.
      Preciso de um "parecer" ao meu respeito,que seja dado pelos outros leitores- pois isso decidirá meu futuro.

      Vcs não estão num bom caminho.
      Se eu me ausentar de vez,o que irá acontecer ao blog?
      Estou tentando revitalizá-lo para nós.
      Terminarei o tema dessa postagem aqui.
      Na próxima,falarei de outro bom assunto.

      Excluir
    2. justa causa 1- para a dra Selma,

      Estou constrangida de pedir o que estou querendo há dias pedir,e não esperava encontrar um "clima adverso" no site justamente quando eu intencionava isso.
      Em julho irei me ausentar,mas eu não queria sumir de vez.
      Gostaria de uma vez por semana,ou de por uma semana no mês fazer "postagens solo" no blog.
      Reiterarei a "súplica" para voltar a ser colaboradora.
      Para cumprir a promessa que fiz aos santos- como já disse- e postar aqueles quatro sutras sagrados,e para começar uma série religiosa que duraria um ano.
      (uma sequência sobre líderes religiosos).
      Depois eu postaria mitologia grega-e depois ainda, sobre a filosofia antiga.
      E as flores?
      Eu sempre disse que caso eu voltasse a ser colaboradora eu não desistiria delas,e continuaria postando um link de orquídeas a cada duas páginas.
      Decidi adiá-las até 2.015,pois o blog está com pouco ibope.
      Alguns podem achar que estão vindo a um cemitério,vendo um site com poucos proseadores,e com um monte de gimnospermas espalhadas.
      Agora já entendo tal fato.
      Jardins combinam melhor com mais barulho,e com muitos visitantes.
      Todavia, antes de virar colaboradora,preciso saber se meus assuntos são bem vindos,e pergunto-o pois caso eu voltar a escrever "textos-solo",poderei querer às vezes usar os espaços de réplicas das minhas páginas para discorrer sobre temas esotéricos,reencarnacionistas,dar minhas aulas de história,expor meu "livre pensamento" ou postar flores esporádicas.(em espaços de réplicas,elas são menos prejudiciais)
      Não irei exigir uma retratação do Adilson,nem irei exigir que "ele goste de mim".
      Pedi isso um tempo atrás,mas foi muita inocência da minha parte.
      Virar colaboradora significa que ele automaticamente irá me "aceitar mais".
      Fui feliz nesses anos,proseando sobre tudo o que eu queria em outro site.
      Agora eu desejo ajudar esse blog- pois vcs também são meus amigos.
      Como eu ficarei presente poucas vezes,nossa paragem não vai acabar sendo mais minha do que sua,nem minhas prosas assustarão os leitores.
      Ainda que eu tivesse só meia hora por dia, conseguiria sempre escrever muito,pois sou mais hábil nisso do que outras pessoas o são.
      Já nasci com o "dna da comunicabilidade".

      Conselhos não deveriam ser dados "de lambuja",mas vejo atualmente que um dos motivos dos problemas do blog é o Adilson rejeitar todo e qualquer postante que aparece.
      Sobre mim, tal rejeição não terá efeito,pois "já estou de saída mesmo",mas eu me pergunto,
      _onde vamos parar?
      Ninguém pode vir aqui,nem dizer suas assertivas curtas ou prolongadas?
      A ocasião atual não é lá muito boa para eu falar nisso,mas não terei tanto tempo,então preciso aproveitar a circunstância.
      Eu já disse que não pretendo ser odiada num local onde eu costumo vir para escapar do caos da vida.
      E não tolerarei "ameaças".
      A proferição delas é uma insolência.
      Me senti ultrajada.

      Em tempo,
      ficarei uns dias fora do blog,por motivos pessoais que não tem nada a ver com o entrevero atual.
      Irei atualizar a minha leitura de sites e jornais.
      E irei reler melhor aos links que andei postando ultimamente.
      (eu vivo me sacrificando para estar aqui,pois trabalho o dia inteiro,e de noite,desisto de outras preferências minhas em nome do...)
      Retornarei em dois dias,mas minha ausência não me impedirá de fazer alguma réplica a alguém,nem de postar qualquer notícia que eu achar interessante.
      Fiquei até surpresa por ver a crítica a mim acima,na hora em que eu ia dar o aviso.
      Nas próximas semanas, continuarei o tema do "livre pensamento"(interrompido vários dias atrás) como já prometi.
      Ou irei continuar falando sobre religiosidade propriamente dita.

      Excluir
    3. acréscimo,

      esperarei pela resposta até o final de junho.
      Caso não vier,interpretarei o silêncio como "rejeição" e aí, seguirei meu caminho- sem fazer o que estou "sonhando".
      Não irei escrever para sempre monumentais temas religiosos em espaços de réplicas.
      Os outros assuntos até podem figurar continuamente nesses locais,mas a religiosidade merece destaque,pois "nosso" blog é sobre religião.

      Antecipadamente,agradeço a aceitação,ou a rejeição.
      (agradeço se virar colaboradora,agradecerei também caso não virar colaboradora).

      Excluir
    4. carpideira 581

      Eu queria saber porque meus temas de "livre pensamento" não provocam réplicas.(não precisam responder a isso)
      Por essa razão nas últimas semanas,acabei aqui nesse blog optando pelos temas históricos e reencarnacionistas.
      E preferi "expor páginas do meu diário".
      Por melhores que sejam meus "assuntos filosóficos", me brindam com o silêncio- em todo lugar.
      Só o sr.William costuma "mostrar apreço" por algumas das minhas assertivas.

      As pessoas não encaram o mundo do mesmo jeito que eu.
      Eu sou suscetível de ser modificada pelas palavras minhas e pelas alheias,mas os outros não.
      Acho que só eu que sou "fabricada" por bits e bytes.(antes era por bics e esferográficas,antes ainda era por penas e papiros)
      Para a maioria- ouvir as coisas, é como ganhar panfletinhos na rua.
      Eu me sinto umas vezes uma "dona Irene cartomante" que promete "trazer o marido de volta, ajudar a arrumar emprego, curar a doença,etc",e que paga algum garoto para espalhar folders pelo bairro.
      Todos os passantes pegam o folderzinho-e eventualmente guardam,eventualmente,jogam na rua e a poluem.
      Meus temas não são banais.
      Mas os ouvidos dos leitores da web estão cansados.
      Ninguém quer escutar ninguém,todo mundo acha que "sabe tudo".
      Sei lá o que acontece.
      Pior que o sr.William pensa que só ele passa por isso.

      Sou uma mulher que fala sozinha.
      E que ainda por cima,ouve o que não merece.

      Mas tenho a esperança de que futuramente, a voz que escutarei à distância,será pelo menos a do meu eco.

      §§§§§§§





      Excluir
    5. Nihil, no momento não estou aceitando colaboradores. Nem você, nem ninguém.
      Estou procurando uma maneira de deixar o blog mais popular, atrair mais leitores, mais visitas.

      Abs

      Excluir
    6. Se a Dra. SA aceitasse a maluquetinha como colaboradora, teria de ser internada num manicômio para loucos perigosos.

      Excluir
    7. justa causa 3

      Olá, Selma.

      Repare que os textos em cujas páginas escrevo sobem depressa para a lista dos "mais acessados".
      Antes de eu voltar a ser assídua aqui, só as crônicas antigas despertavam muito interesse.
      Ninguém gosta de falar comigo,mas todos(os estranhos) apreciam meus assuntos.
      Eu "faria bonito" como colaboradora na "nova fase" do blog,mas não insistirei em tal história.
      A negativa que ouvi me define "o futuro" e isso é importante.
      (tem diversas situações nebulosas no meu cotidiano,e fico agradecida quando elas assumem uma direção).
      Saturno passa atualmente em meu signo natal de "escorpião" e tal período pede lucidez.
      Obrigada por replicar logo.
      Agora também tenho uma idéia de como os postantes costumam ver o que eu escrevo- embora os leitores desconhecidos se interessem pelos meus temas.
      Sexta feira retornarei,e comentarei mais,ou apenas continuarei minhas crônicas costumeiras sobre "livre pensamento", história antiga e religiosidade pura e simples.(até julho)

      Recomendo novamente aos "solistas" do site para escreverem por esses dias.
      Estou - como já disse, "descansando" em outros passatempos.

      Boa tarde a todos.

      §§§§§§§§§

      Excluir
    8. Claro que os posts da Mala são lidos, porque ocupam 80% do Blog e a gente tem de ficar procurando o que alguém postou de interessante para poder responder.
      Por exemplo, como vou saber se o lusitano já disse quem ele acha que foi o espírito que ditou sobre os marcianos voadores? Se respondeu, onde se encontra a resposta? Deve estar perdida no meio das bobagens quilométricas da Mala que, além de extensas, são enfileiradas. Será que ela tem empregada para lavar a louça?

      Excluir
  3. Escreveu a srta. LG:

    Eu sei que vc não é uma pessoa séria,mas dessa vez também vi que que não está brincando.
    Eu me sacrifico para estar presente,perco horas preciosas de sono,ou nas quais ao menos,eu poderia ler os jornais do dia.
    Gostaria que os outros postantes,e que inclusive a Selma- dissessem o que acham da minha participação.
    Talvez estou mais atrapalhando do que ajudando,pois a minha presença é tão eficiente que os leitores estão ficando acomodados.

    Acho que não irei mais dirigir a palavra ao Adilson, porque ele é um ingrato,e a ingratidão é uma história séria.
    ------------------------------ --------------------------- ---------------------------------
    Ora, dona Mala, eu apenas sou sincero. A senhora é super chata e detona qualquer Blog. Se os outros não dizem o mesmo que eu, ou são abobalhados a ponto de achar interessantes seus posts, ou são insinceros. Essa é a verdade. Eu falo a verdade. Se outros não acham que devem falar a verdade, problema deles. Eu duvido que alguém de mente normal goste de ler suas bobagens. Na minha opinião, quem disser o contrário está mentindo ou debochando.

    Quer um conselho? Não perca seu sono para participar do Blog. Procure tratamento. Quem sabe, tomando alguém remédio a senhora melhora? Enquanto isso, vá dar umas voltinhas no Blog do William e nos deixe em paz. Acha que dá pra aturar a senhora entulhar o Blog pra dizer que é reencarnação de Safo porque é baixinha e postar poesias intragáveis?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adilson,

      todo e qualquer texto do blog onde escrevo meus comentários sobe para a lista dos mais acessados.
      Está despeitado?
      Sinto muito.
      Mas não se preocupe,pois minha estada aqui está sendo temporária.
      A Selma me acusou certa vez de só me importar com o outro site-então fiquei com a consciência pesada.
      Meus assuntos longos e infatigáveis são para despertar curiosidade e polêmica nos leitores.
      Se vsas não estivessem precisando,eu não falaria neles,mas discorreria sobre saúde mental e sobre temas sociais.
      Em minha autocrítica de ontem não questionei o mérito dos meus papos momentâneos,pois vcs não gostam é quando fico séria.
      Adoram voar num tapete mágico,e disso eu sei muito bem-então foi tal coisa o que andei lhes ofertando sem parar a partir de fevereiro último.
      Só eu posso mencionar minha vinculação com a poeta Safo de Lesbos,vc não.
      Essa menção minha foi um recurso que decidi usar,por generosidade.
      Vcs sempre terão uma dívida comigo por eu "abrir minha vida particular" aqui.
      (não mereciam tanta benevolência-pior que eu sabia disso.)
      E da minha saúde mental cuido eu.
      Estou em meu perfeito estado pessoal, mas agradeço pelo interesse-
      Idem nunca fui prejudicial a nenhum local onde estive,ao contrário,minhas prosas ajudaram as salas virtuais.
      O sr.William por ex,acabou ficando meu amigão por conta do fato.

      Se existe um motivo pelo qual nossa página passa por certos apuros,esse motivo é você.
      Tem brigado com todo personagem que desponta no horizonte para falar mais longamente em religião.
      Claro,o tipo se cansa e acaba indo embora.
      E os desconhecidos,por temê-lo, não se aventuram a escrever aqui.
      Se não gosta das minhas postagens, problema seu.
      Se vira aí,e procura as mensagens que lhe importam entre as minhas,isso é bom para o seu caráter.
      Também já fiz muito isso nesse blog,vc não é melhor do que eu,então pode "sujar as mãos".
      Sabe o que lhe acontece?
      Vc quer um local virtual onde só se fale nos temas que VC escolheu.
      Ninguém pode prosear a respeito de mais nada.
      Pensei por um tempo que se nunca fui elogiada por essas bandas, era porque eu não estava sendo bastante mística.

      continua

      Excluir
    2. prosseguimento,

      Mentira.
      Agora estou sendo muito mística mesmo.
      Intencionava_e intenciono postar extensivamente sobre o Budismo,e estou com um desejo real de falar mais em minha fé religiosa.
      Mas o mote de vcs é ficar a vida toda criticando a Josefa Musselina.(que nem faz diferença em como vivemos ...)
      Todavia desci do meu pedestal para tentar motivar os leitores.
      E perdi a paciência ontem,porque vc falou em me dar um prejuízo-sugerindo o meu "bloqueio".
      (quanta petulância...)
      Vcs não desejam o ecletismo por perto.
      Talvez gostariam de ver o blog virar um apêndice do Facebook.
      Se eu imaginasse que minha presença local seria permanente, eu não iria escrever tanto.
      Estou muito prolífica porque minha duração será curta.
      Sempre soube que vcs não podem conviver longamente comigo,ou com pessoas parecidas comigo(a exemplo do sr.William,e de outros que jamais retornaram após o sumiço do gd do Terra) porque não conseguem interagir com intelectos "livres".
      Mesmo quando falo apenas de religião,eu continuo livre, e alguns depreciam isso.
      Paradoxalmente,sou covarde.
      Fico atrás de vcs porque receio a solidão,então quero ajudar o site para eu ter onde possa conversar com alguém quando eu me aposentar.
      Desejava caber em qualquer "fôrma" que me oferecessem,para poder ficar sempre aqui.
      Pensei em falar apenas sobre Budismo nos espaços em destaque.(já começava a desistir de uma série sobre "lideranças religiosas históricas" com a qual eu estava sonhando).
      Todavia,tal comportamento "submisso" meu é uma dependência infantil.
      O sr.Hosaka nem gosta de mim como pessoa,para que quero tanto permanecer?

      Sua opinião ao meu respeito, Adilson,- não importa, eu nem a pedi.
      Vc é que nem um cachorrinho que late sem parar.
      Seus dizeres são passionais,suas reações são descontroladas.
      Não sugerem nada útil em que eu poderia melhorar, pessoas que nem vc(conheço da vida real) gostariam que todos detonassem a própria personalidade para vcs imporem suas regras.
      O povo aprecia me escutar,mas eu não ia gostar de ouvir o que eles poderiam dizer ao meu respeito,e de todo modo,não iria adiantar ouvir mesmo,porque alterar a própria natureza não é ético.
      Estou me ocupando do povo errado- não sou eu a errada.

      Continuarei ostensivamente presente até o final de junho.
      E depois,farei algo diferente da minha vida.
      Minha personalidade é incompatível com a política do blog,acabamos todos nos distanciando muito nesses anos.
      Eu nem tinha a intenção de prosseguir falando na minha vinculação com a poeta antiga,essa conversa havia terminado.
      Todavia,qualquer outro tema meu não irá ter o devido apreço.
      Aí,mesmo sabendo que sou admirada entre os desconhecidos, será melhor me afastar.
      Se não sou simpática, ainda que eu chame a atenção,não irei motivar prosas no blog,mas apenas atrairei ibope.
      E não era isso o que eu queria.
      O que eu desejava,era iniciar boas polêmicas.

      Quem deve se tratar é vc,Adilson.
      E sua terapia deveria ser precisar trabalhar todo dia para sobreviver.
      Vc é que é problemático,e que não sabe conviver com as pessoas.
      Me parece que não teve oportunidade de aprender isso.


      Em tempo,

      minhas poesias andam chatas, porque escrevo tanta grosellha que estou sem tempo para atualizar as leituras.
      Só tenho inspiração para escrevê-las quando leio bastante,e quando posso expressar o "livre pensamento".
      Temas religiosos e esotéricos não colaboram com meu lirismo.

      outra coisa.
      Vc se acha a medida do certo e do errrado,e se vê acima dos demais que cultivam essa ou aquela idéia,que gostam ou não de mim.
      Pensa ser algum intelecto superior.
      Mas,ponha uma coisa na sua cacholinha cheia de carocinhos de ameixa:

      a mim,vc só pode tratar com deferência.
      Em relação a vsa,estou num pedestal.

      §§§§

      Excluir
    3. reflexão,

      Vou me esforçar para evitar ler ao Adilson por um tempo.
      Não pretendo ficar tripudiando em cima dele,não sou inferior a esse ponto.
      Estou começando a virar uma mulherzinha...
      Antes que possa haver uma falha no entendimento da menção acima,explicarei que "mulherzinha" é o diminutivo de mulher.
      Que essa expressão nomeia provincianas de atitudes quase ordinárias(no sentido de tolas)

      Não pude evitar "a cena", uma vez que estou saturada por andar me esforçando demais.(até para ser bondosa)
      Esse personagem só mostra má vontade o tempo todo,tem uma hora em que o bom humor dos seus interlocutores falha,pois diferentemente do que ocorre a ele,todo mundo aqui é gente.
      Se eu tiver a sorte de virar colaboradora, irei falar apenas no Budismo em minhas mensagens solo.
      Era isso o que vcs desejavam escutar-então escutaram.
      Podem me chamar de subserviente,à vontade.
      Mas nos espaços de réplica das páginas que eu abrir,continuarei falando nos meus assuntos costumeiros.
      Apesar de que não terei tempo para isso.
      Se eu virar colaboradora a partir de julho(dificilmente irei ser aceita) só aparecer a cada dois meses,por uns dias.

      Se eu não virar, irei do mesmo jeito,só aparecer de vez em quando,a partir da data em referência.
      Ora,o que isso interessa...acho que estou só tentando organizar meu calendário.

      Excluir
    4. Prometi ficar longe por uns dias,mas voltei a essa página porque desejava esclarecer pontos obscuros no meu último comentário aqui da noite de ontem.(ou da madrugada de ontem)
      Que foi aquele em que chorei as pitangas,dizendo que ninguém se interessa pelo meu "pensamento livre".
      O que eu disse teve como finalidade exclusiva a expressão dessa reclamação.
      Acontece que depois que li o texto, vi que falei outra coisa.
      Pareci me desculpar por meu interesse atual em temas reencarnacionistas,históricos, e a respeito de personagens da Grécia antiga.
      Chamei a isso tudo há pouco de "groselha",mas decididamente em nenhum momento quis me desculpar.
      Gosto muito de falar em tais temas,e esse é o prêmio que me permito receber por minhas horas "dadas para a causa pública".
      Se eu já não tivesse destrinchado-os no outro site,continuaria nesses assuntos o ano inteiro,podem acreditar.
      Pelo menos eles chamam a atenção,e as pessoas os apreciam.
      Por minhas viagens filosóficas aparentemente não há muito interesse.
      Precisarei mesmo algum dia, é ir para o Twitter,para o G+,ou para o Observatório da Imprensa.
      O assunto daqui deve girar principalmente em torno de religiosidade,temas esotéricos e filosofia antiga.
      Dr.Sócrates e mestra Diotima não parecem suficientemente místicos para vcs?
      Eu gostaria ainda de falar neles(conheço bastante a vida e o pensamento de ambos,porque os pesquisei em minha fase de investigações históricas).
      Quem sabe o farei daqui a umas semanas na continuidade da sequência intitulada "viagens maionésicas".
      Não vou tratar tais personagens com a grandiosidade que eles mereciam,mas ao menos irei mencioná-los.
      E idem não me desculparei hipocritamente pelo transtorno.
      Não deveria ter voltado hoje,mas o fiz só para explicar o que eu quis dizer com a última "choradeira" de ontem expressa nessa página.
      Pior do que falar na chateação, é ainda por cima, não conseguirmos dizer o que desejamos.
      Quando estou estressada,ao falar no motivo do meu estresse,expresso umas vezes sem querer,outra história.

      Isso tudo então me fez vir aqui,ler o que o Adilson disse,e aí eu respondi,para evitar ficar pensando no papo nos próximos dias.
      Irei mesmo tentar ficar um tempinho fora.
      Preciso não só me atualizar,mas me recuperar do desgaste que sofri ontem e hoje.
      Não sei quando retornarei,mas será em algum dia dessa semana.

      Fiquem com minhas recomendações.

      §§§§§§§§§§

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Bem que me disseram: não reclame da Nihil, isso só vai piorar o Blog, ela é maluca e vai ficar digitando aquelas bobagens dela até sangrar os dedos gordos. Ela devia ser internada para tratamento.
      Mas há males que vem para o Bem. Quem sabe ela fica desnorteada e em vez de acessar este blog ela se muda para o do William? Se é que ela tem por parte do William essa molezinha que a dra. SA lhe dá. Acho que o William só permite bobagens da parte dele.

      Excluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    8. "atrás de cada gota de colírio,sempre tem um louco em delírio."

      Não vou mais brigar convosco,Adilson.
      Vc só estava estressado,e eu também.
      Para que foi me irritar- proferindo uma ameaça boboca,anteontem?
      A culpa de tudo foi sua.
      Não dá para consertar o que ocorreu,mas não iremos nos desentender mais.
      Posso não gostar muito de vc,mas fiquei com remorso pela "cena" desses dias.

      O que tivemos mesmo,foi uma gastrite.
      E ela já está passando.
      Às vezes me esqueço que a todo evento bom ou ruim,sempre suceder-se-á o dia seguinte,e que os ânimos são instáveis,pelo sim pelo não.


      §

      Excluir
    9. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    10. Hoje finalmente li sua última mensagem, Adilson.

      Você não sabe do que está falando quando critica ao sr.William.
      A prova do seu engano foi minha ausência daqui nesses anos.
      E por isso mesmo,eu não ficaria desnorteada por sua causa mais.
      Idem conheço táticas como as suas.
      Tenho alguma prática na lide com os histéricos da vida real.
      Vc não reclamou de mim simplesmente, vc tentou me ameaçar e isso me irritou-e bem quando -morta de cansaço,eu queria avisar que ia ficar uns dias fora.(agora é tarde,o sr.Hosaka já apareceu-e eu devo a ele alguns textos em agradecimento ao retorno do mesmo)
      Se sou "problemática",tenho uma "boa" para contar.
      Estou pouco me importando com seu julgamento.
      Vc não é melhor do que eu.
      Em termos de normalidade,sou mais do que vc,pois enfrento problemas maiores do que sua vã filosofia é capaz de supor.
      Meu "desatino verbal" acabou quando eu o tive.(não vou retirar nada do que falei)
      Todavia eliminei três mensagens(nessa página) pois duas foram redundantes,e a presente merecia mais uma edição.
      Não fique grilado.
      Não sou inclinada a ficar "malhando Judas" a vida toda.
      Eu me modifiquei nesses anos, sabe-se lá porquê, talvez foi por causa da meditação.
      Como eu disse recentemente nesse site,minha vida atual como Nihil é para desaprender a odiar.
      Algum dia serei a criatura angelical que sempre pareci ser.
      Assim como vc ainda vai ser gente.
      Vi que não me deseja o bem,e isso é deselegante da sua parte.
      Embora vsa não acredite, nunca desejei o seu mal,ou eu nem estaria por essas bandas no momento presente.

      Excluir
  4. Se o Blog acabar, a maluquete LG vai ter de enviar emails para ela mesma, sim, porque ela parece que ainda não se recuperou da impossibilidade de ficar criando nicks para dar respostas a si mesma. Acho que ela deve falar sozinha, como todo perturbado mental.
    O Emperucado também era matusquela, mas o método dele era receber mensagens de mortos inexistentes.

    Enquanto isso, o lusitano deve estar pesquisando para ver se consegue dizer quem foi o espírito que ditou as besteiras do livro Cartas de Uma morta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tô nem aí,tô nem aí...

      (cançoneta recente da mpb,mas esse pc não dá acesso ao youtube)

      ªªªªªªªªªªªªª

      Excluir
  5. Terminei de almoçar uma sopa de chuchu acompanhada de um torresminho engasga gato. Agora, pessoal, preciso descansar um pouco, e depois volto aqui. Um forte abraço,

    ResponderExcluir