segunda-feira, 13 de maio de 2013

Imortalidade da Alma - um Interessante Testemunho (Sinopse).



Evidentemente que para o feroz anti-Espirita 233, essa moça aí é uma farsante pró-Espiritismo...

... mas essa posição do dito 233, é o que menos preocupa e interessa na procura da verdade... (uma pessoa tão fanatizada em sua postura contra esta Doutrina, jamais poderá ser levada em conta
para o analisar corretamente as questões que favorecem o Espiritismo)...

Quanto a mim... bastará que uma única pessoa entenda verdade/honestidade no depoimento dessa jovem, e já terá valido a pena colocar o vídeo... :)...

16 comentários:

  1. Bom dia, Sr Vai Volta,

    Eu sou bem ruim na hora de interpretar textos, pior ainda na hora de escrever. Lembro que estava em Campinas, nas férias escolares, tentando ler um livro de mil páginas, falando sobe Adolf Hitler. Fiquei frustrado. Não entendo como um povo que lê muito mais que eu embarcou no projeto de querer dominar o mundo. Claro que o livro conta que o Fuhrer sofreu vários atentados, inclusive ele saiu quase cego no fim da primeira guerra mundial. O livro conta que ele ficou um bom tempo na cadeia, onde recebeu a inspiração para escrever Main Kapf, atacando os judeus do oeste e os judeus do leste, mas enfim eu vi muitos colaboradores do tipo Joseph Goebbels que ajudaram o Fuhrer a esmagar a resistência dentro da Alemanha e torna-la uma nação militar e obediente às diretrizes do Partido Nacional Socialista.

    Foi uma leitura inútil, ele não me ajudou em nada para hipnotizar a Maria, torna-la escrava das minhas vontades. Pelo contrário, eu me sucumbi às vontades dela.

    Eu acho que o Adilson deve ter enfrentado o mesmo tipo de problema. Hoje, ele queria estar no lugar da Dilma, recebendo todos os holofotes dos meios de comunicação e dizer ao Brasil inteiro que as coisas estão bem e vão melhorar, principalmente se o povo a reeleger. Ou seja, o Adilson é revoltado porque nenhum espírito lho ajudou a se filiar no PT, e agora ele desconta toda essa bronca para cima do professor Rivail.

    Eu já sou modesto, sempre quis conquistar a Maria com os recursos que eu tenho, pelo menos consegui alguns sorrisos dela para alegrar o resto da minha vida, e inspirar os textos que eu escrevo aqui.

    Para entender o Adilson, acho que o núcleo do problema está nos dez anos que ele frequentou a casa espírita, onde ele conheceu a dona Raimunda. Por que os espíritos não ajudaram o Adilson a conseguir da dona Raimunda o que ele mais queria? Enfim o anti-espiritismo do Adilson tem sua lógica, acho que chegou a hora de você tentar compreender...

    ResponderExcluir
  2. A Ciência desmente o espiritismo

    O texto de Fabiano Armellini faz duras críticas ao espiritismo de Allan Kardec, mas ao contrário do Adilson, ele cita os textos atribuídos ao "pai" do espiritismo, para poder confrontar e verificar os fundamentos do seu texto. Dessa vez, não são os Evangelhos que são citados mas a obra do professor Rivail.

    Eu achei o texto muito bem humorado, mas o que me deixa de queixo caído é a ideia da materialização do espírito. Se eu fizer a seguinte aberração: espírito = pensamento, a pergunta é: é possível materializar o pensamento?

    Um bom dia a todos, Frank.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Frank K. Hosaka, infelizmente essas postagens têm de ser resumidas, principalmente por respeito a todos os participante. Acho a srta. Nihil muito mal-educada, porque escreve vários textos seguidos e enormes sobre assuntos que só a ela interessam.
      Esse texto católico sobre a ciência e o Rivailismo é meio capenga, sim, é como um corredor que tem uma perna mais curta que a outra. Olhamos para ele e não conseguimos compreender como ele se propõe a disputar uma corrida.
      Ora, meu bom e amável F. K. Hosaka, como se pode dizer que os espíritos do Rivailismo não são o que dizem ser, se se acredita também em espíritos? Quem é que garante quem tem razão? Se os espíritos rivailistas só dizem bobagens, por sua vez a existência dos espíritos do Catolicismo (santos e santas)está contra o que diz o livro básico do próprio Catolicismo, a Bíblia.
      O Catolicismo diz que não existe a morte, que se vai para o limbo, o purgatório, o céu ou o inferno. Mas a Bíblia diz que existe morte, que o último inimigo a ser destruído é a morte (1Coríntios 15:26). Deus disse que o homem morre e volta ao pó. Quem disse que isso é mentira foi o Diabo.
      Pode-se dizer, então, que o Catolicismo, o Rivailismo e a maioria das igrejas protestantes, que acreditam que temos uma alma imortal que sobrevive à morte do corpo, ensinam uma doutrina diabólica e antibíblica, sr. F. K. Hosaka?
      O Catolicismo acredita que seus espíritos, os santos e as santas, são de Deus, enquanto os espíritos do rivailismo são demônios chefiados pelo Diabo.
      Que é que a Bíblia diz?
      Os mortos não sabem de coisa alguma, e, que ao exalar seu último suspiro, o homem volta ao pó e tem todos os seus desígnios findados.

      Logo, caro sr. Hosaka, minha posição é não aceitar nem a existência dos espíritos do sr. Rivail, nem os santos da ICAR.

      Excluir
    2. Até tu, Hosaka? Com textos antiespíritas?
      Será que o número 233 tem algo a ver com a Dona Raimunda?

      SA

      Excluir
    3. Olá, doutora SA,

      O Adilson tem razão. Em nenhuma hipótese é possível afirmar que todo católico é anti-espírita, pelo contrário, muito antes do professor Rivail escrever o livro, foi o catolicismo que defendeu que os espíritos existem e que é possível conversar com eles, ou esperar que eles consertem computadores. Isso é uma tradição de milênios. O grande mérito do professor é levantar a tese de que eles podem passear fora da órbita terrestre ou levantar as mesas dos computadores, coisa que nem nós conseguimos, na hora que precisamos limpar a sala.

      A única diferença entre o catolicismo e o espiritismo está na fronteira do computador. Nós católicos acreditamos que os espíritos possam consertar computadores, já os espíritas alegam que eles podem fazer muito mais. No exemplo citado pelo Vai Volta, o espírito passou uma cola para a moça passar no exame de literatura. Outra grande diferença é a questão da materialização, os espíritas acreditam que os espíritos são capazes de aparecer na frente das pessoas, já nós católicos já materializamos todos os espíritos na forma de imagem de gesso ou madeira.

      Outra crítica do Adilson e dos espíritas é que nós católicos adoramos mais a imagem do que o Deus Pai Todo Poderoso. Isso é uma grande besteira. Não há como adorar mais a imagem e menos Deus, pois Deus está em todo lugar, inclusive nas imagens. Logo, quando nos ajoelhamos diante de uma imagem, automaticamente também estamos ajoelhando diante de Deus.

      Excluir
  3. entropia 166

    O que é bom é o sr.Vaivolta começar a ver que o Adilson é só um nique cuja função é suscitar debates religiosos,e cuja irascibilidade não deve ser levada tão a sério.
    Estou feliz pela nova neutralidade que vejo em seus textos.

    Mas,esse clipe me deu agora saudade das minhas "viagens maionésicas".
    Tentarei de verdade,escrever mais um texto da série nessa semana.
    Não vou antecipar os personagens a serem correlacionados,dessa vez,serão uma supresa,mas vcs vão gostar.
    (hehe!)

    Também desejo agora um bom dia a todos,até mais tarde.

    §§§§§§§§§§§

    ResponderExcluir
  4. O lusitano colocou um vídeo bobo que não prova coisa alguma, porque não tem como explicar que um espírito que se manifesta num médium, não tenha permissão de ir até a sala contígua para dizer o que existe sobre a mesa daquela sala.

    Quem não perceber que isso prova que não existem espíritos comunicantes nenhuns, que é tudo ilusão ou fraude, é porque ou é muito burro, ou faz questão de parecer que é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 233 »»» O lusitano colocou um vídeo bobo que não prova coisa alguma (...)
      ---
      ... como se fosse possível haver alguma prova que servisse ao alienado anti-Espirita 233 e o fizesse mudar de conteúdo mental... :)))...

      mas, já agora...

      ... se a carne e o sangue não herdam o reino dos céus...

      e...

      ...se os corpos que vão sair dos túmulos (reconstruidos) lá numa tarde de um dia de são NUNCA qualquer... não são de carne, não têm sangue, não têm ossos...

      ... são de quê afinal????????....

      conteaí 233...

      233 que ao contrario de como julga o video acima, e segundo se imagina a si mesmo, não é bobo nenhum evidentemente...

      porem... (e falando baixo para que ele não oiça) sem duvida alguma, é o maior bobo que aqui expressa sua crença profundamente aberrante - que ele diz não precisar de provas, simplesmente por que, como é crença, ele dispensa...

      Legal, esse super QI 233... :))...



      Excluir
    2. Boa Noite, Sr Vai Volta,

      Para ser sincero, eu não entendi o vídeo em si. O espírito resumiu o livro para a moça, e assim ela passou no exame? Os espíritos podem passar cola? Isso não é imoral?

      Excluir
  5. Sr Hosaka, esse espírito deve ser da mesma categoria daquele que ditou para o Chico Xaveco o livro Cartas de Uma Morta...mas o lusitano evita falar nesse livro, porque é a prova de que não existe mediunidade nenhuma e que o Emperucado era um doente mental.

    ResponderExcluir
  6. Pergunta ao V-V-ai-sem-Volta:

    Bom dia, sr. V-V-ai-sem-Volta, por acaso o senhor já postou a resposta a minhas indagações? Já disse quem o senhor acha que era o espírito que ditou aquelas pieguices e absurdos científicos do livro do impostor emperucado Cartas De Uma Morta?
    Seria algum espírito zombeteiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caramba... por que será que o 233 não consegue responder a uma pergunta que tem vindo a ser feita de há uns tempos a esta parte com alguma insistência e que se resume simplesmente nisto...

      ... segundo crê o inconsistente 233, lá num dia de são nunca qualquer, os corpos que estão no "nada" vão sair dos túmulos/ressuscitar para serem julgados e sua esmagadora maioria
      (e ponha 'esmagadora maioria' aí) voltará ao "nada"... contudo, e ainda segundo o perturbado 233...

      ... tais corpos não terão carne, não terão ossos, não terão sangue...

      Ora, perante este cenário idealizado na mente desrregulada do 233...
      julgo que todo pessoal que por aqui comparece, gostaria de saber
      pelo próprio 233 algo bem concreto...

      QUE CORPOS SERÃO ESSES AFINAL????...

      Hein???... HEIIIIIIIIN????....






      Excluir
    2. 233 (...) Os mortos não sabem de coisa alguma, e, que ao exalar seu último suspiro, o homem volta ao pó e tem todos os seus desígnios findados.
      ---
      VV - na VERDADE!!!... basta recorrermos a uma BIBLIA qualquer das muitas milhentas que estão publicadas, e não teremos a mínima dificuldade, por via das varias situações ali registadas, detonar com a ideia peregrina do fragilizado mental 233, quanto a essa questão do morto, segundo ele, virar "nada"...

      Veja-se com olhos e mente normais, um desse registos que não deixa a minima duvida quanto à continuidade de vida pós-desencarne...

      »»»»»»»»»»»»»»»»»»» Espiritos em aprendizado ««««««««««««««««««

      1-Pedro,3
      19. É neste mesmo espírito que ele foi pregar aos espíritos que eram detidos no cárcere, àqueles que

      **************** outrora, nos dias de Noé, ****************

      tinham sido rebeldes, (...)
      --
      Categorico!!!... Decisivo!!!...

      :))...

      Excluir
    3. " Neste mesmo espírito..."
      Que espírito foi esse? A Bíblia responde: Foi o Espírito Santo (=Deus), que, através de Noé, pregou aos espíritos (=pessoas) que estavam na prisão do pecado e da ignorância e não deram ouvidos a Noé.
      As palavras que são traduzidas por "espírito" NUNCA significam, na Bíblia, espírito desencarnado, segundo o Rivailismo. Não existe, biblicamente, vida sem o corpo. Por isso é ensinada a RESSURREIÇÃO do corpo.
      Mas que corpo será esse? Paulo explica que é um corpo apto a receber a imortalidade, um corpo igual ao de Jesus. Jesus disse que aqueles que forem dignos da ressurreição serão como os anjos. (Mateus 22:30)

      O lusitano devia ler o cap. 15 da primeira epístola aos coríntios para ver se compreende alguma coisa. Enquanto isso, podia colocar sua opinião:

      Quem foi o espírito que ditou as maluquices do Livro Cartas de Uma Morta?
      Por que o "guia espiritual" do Chico Xaveco não alertou seu pupilo sobre os absurdos que estava esquizofrenopsicografando?
      Por que a FEB não teve nenhuma aviso do plano espiritual de que esse livro poria o Rivailismo no ridículo?
      Por que a NASA não consegue achar os marcianos voadores?

      Qual planeta Marte o lusitano prefere?
      Marte de Rivail (mais atrasado que a Terra);
      Marte de Ramatis;
      Marte de Chico Xaveco (mais adiantado que a Terra, em discordância com Rivail);
      Marte de Helène Smith;
      Marte de H.G. Wells (Guerra dos Mundos);
      Marte da ciência (com as fotos das sondas da NASA)?

      Hélène Smith, de seu nome verdadeiro Catherine-Elise Muller (Martigny, 9 de Dezembro de 1861 ― Genebra, 10 de Junho de 1929 ) foi uma famosa psíquica francesa do final do século XIX que alegava ser reencarnação da uma princesa hindu e de Maria Antonieta, entre outros, bem como dizia se comunicar com marcianos.

      Excluir
    4. Parece que é comum as mulheres com algum problema mental acharem que são reencaranção de alguma celebridade (sacerdotisa, princesa ou poetisa) do passado.

      Excluir
    5. Adilson,a Selma avisou hoje que ..."o blog morreu".

      Cabe a você ressuscitá-lo.

      Excluir